Festival Música nas Montanhas

A partir das 9 h do dia 9 a 18 de Janeiro de 2020, a Secretaria do Festival estará disponível no Centro Cultural da Urca, em Poços de Caldas-MG.

FACEBOOK: MUSICANASMONTANHAS

CIRCUITO DE FESTIVAIS - 2020
Direção Artística: Maestro Jean Reis

Poços de Caldas - MG 9 a 18 Janeiro

www.festivalmusicanasmontanhas.com.br
Bauru - SP 19  a 25 de Janeiro
www.fimub.com.br

Bagé - RS > Julho
www.fimp.com.br

Lages - SC > Julho
www.musicanaserra.com.br

VIOLINO , 

PABLO DE LEON

Natural de Cascais – Portugal, teve sua formação inicial no Brasil com a família Fukuda, Ayrton Pinto, e seu pai, Alejandro de León. Foi bolsista da Fundação Vitae para aperfeiçoamento em violino e música de câmara na classe do professor Chaim Taub, em Israel.

Como solista tem se apresentado frente a importantes orquestras sob a regência de maestros como John Neschling, Leon Spierer, Ira Levin, Alex Klein, Jamil Maluf, Júlio Medaglia, José Maria Florêncio, Roberto Minczuk, Osvaldo Ferreira, entre outros. Como camerista tem se apresentado junto a músicos como Jean-Louis Steuermann, Sônia Rubisnky, Nelson Ayres, Emmanuel Strosser, Roy Shiloach, Isabelle van Keullen, Hagai Shaham, Guy Braunstein, Reiner Küchl e Regis Pasquier, incluindo apresentações para a CNN e a BBC de Londres.

Desde 2003, sob a regência do maestro Valery Gergiev, é o único violinista brasileiro a fazer parte da World Orchestra for Peace. Fundada por Sir Georg Solti e composta por spallas das principais orquestras do mundo, apresentando-se nas principais salas de Moscou, São Petersburgo, Beijing, Londres, Berlim, Amsterdã, Bruxelas, Budapeste, Jerusalém, Cracóvia, Estocolmo, Abu Dhabi, Nova Iorque e Chicago. Destaque para a turnê de 2012, onde atuou como spalla no Carnegie Hall em Nova Iorque e no Symphony Hall em Chicago.

Como professor de violino, ministrou aulas em diversos festivais, como o Festival Eleazar de Carvalho em Fortaleza, o Festival Internacional de Campos do Jordão, o Festival Internacional de Verão de Brasília, entre outros. Pablo com sua sonoridade, musicalidade e técnica impressionou Sherry Kloss (ex-aluna do Heiftez) o qual o comparou com o refinado violinista Franco Gulli, sendo então convidado  para tocar um recital e  dar master classes (aulas) em 2014 no Yascha Heifetz Symposium of Individual Style (New London- Estados Unidos).

Atuou como  spalla da Orquestra Sinfônica Brasileira da Cidade do Rio de Janeiro de 2008 a 2014 e desde o ano 2000 ocupa o cargo de spalla da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.